O ASAP 2020 Plus Micromeritics integra uma variedade de técnicas automatizadas de sorção de gás em um único e eficiente equipamento de bancada.

O ASAP 2020 Plus oferece maior versatilidade para atender a requisitos analíticos de uma série de aplicações

Com mais equipamentos instalados em todo o mundo, a linha de produtos ASAP é a preferência quando precisão e resolução de dados de adsorção de gás são condições fundamentais de pesquisa.

CARACTERÍSTICAS


O ASAP 2020 Plus pode ser configurado para aplicações específicas, com opções de atualização para expansão de requisitos analíticos.

Acessórios como sistema de resistência química à gases agressivos, refrigeradores criogênicos e detectores de condutividade térmica permitem ao ASAP realizar praticamente qualquer caracterização de superfície desde área de baixa superfície e adsorção de vapor aquecido até microporos.

Sistemas de vácuo independentes permitem a preparação e análise simultâneas de amostras. 

demo asap 2020c plus 

CAPACIDADE DE EXPANSÃO


Alto Vácuo

Quando equipado com um transdutor de 10 mmHg e uma bomba de alto vácuo, o sistema oferece  capacidade de resolução e medição de pressões essenciais  para análises de área de baixa superfície.

Microporo
O sistema de alto vácuo atualizado com um transdutor de 1 mm Hg torna-se um eficiente  sistema de análise de microporos. Este sistema fornece dados precisos sobre volume e distribuição de tamanho de poros de diâmetros de 0,35 a 3 nanômetros e uma ampla seleção de relatórios.

Resistência Química
O sistema de aço inoxidável do ASAP 2020 com vedações Kalrez® quimicamente resistentes suporta análises utilizando gases ou vapores corrosivos como adsorvatos. 

Vapor

Sistema aquecido e acessórios para de geração de vapor de água e hidrocarbonetos insaturados.

MICROACTIVE FOR ASAP 2020 PLUS


Software intuitivo - MicroActive oferece acesso direto e modificação de dados de isotermas  de adsorção química. Condições de análise unificadas para análises físicas e químicas permitem o desenvolvimento rápido de novos métodos com uma interface comum.

Relatórios de Quimissorção

  • Área Metálica Ativa
  • Tamanho médio do cristal
  • Adsorção Reversível e Irreversível
  • Dispersão de metal ativo

Recursos de Software 

  • Interação com dados de adsorção. Com um simples movimento de barras de cálculo, os resultados são imediatamente atualizados com as novas propriedades da textura.
  • Tratamento interativo de dados reduz o uso de caixa de diálogos para especificar parâmetros de cálculo.
  • Capacidade de sobreposição de resultados de 25 análises incluindo dados de intrusão de mercúrio com recursos de adição e subtração de arquivos.
  •  

Os resultados podem ser visualizados em gráficos de forma direta e interativa 

  • Intervalo de dados selecionável através de interface gráfica permite modelagem e visualização interativa para interpretação de métodos BET, t-Plot, Langmuir, DFT e outros.
  • O software MicroActive oferece uma seleção de modelos de NLDFT para cálculos de distribuição de tamanho de poros.
  • Editor de relatórios permite a pré-visualização de resultados para apresentações personalizadas.
  • Cada relatório pode processar resumos, tabelas e gráficos em um painel de informações.

 Linguagem de programação Python viabiliza o desenvolvimento de extensões para a biblioteca de relatórios disponível no aplicativo  MicroActive do ASAP 2020 Plus. 

TÉCNICA


Adsorção química é uma interação muito mais forte do que adsorção física. Na verdade a interação é uma ligação química onde elétrons são partilhados entre o gás e a superfície sólida.

Enquanto adsorção física ocorre em todas as superfícies, se as condições de temperatura e pressão são favoráveis, a quimissorção ocorre apenas em determinadas superfícies particularmente limpas.

Quimissorção, ao contrário da fisissorção, termina quando o adsorvato já não pode fazer contato direto com a superfície, configurando um processo de uma única de camada.

Uma amostra de catalisador é inicialmente evacuada, aquecida e tratada com outros gases para limpar a superfície e colocar seu material ativo em um estado químico específico.

Em seguida um gás reativo como hidrogênio ou monóxido de carbono é dosado em incrementos que quimissorvem com a superfície ativa.

O comportamento típico é um aumento rápido do volume de gás quimissorvido até a saturação.

A estequiometria da reação é então usada para computar o número de átomos ativos e assim determinar a área superficial ativa do material.

Topo