geopyc 1365


requisicao

Artigos

brochura

Literatura Técnica

acessorios

Acessórios

O analisador de densidade GeoPyc® 1365 é um equipamento revolucionário para medir rapidamente a densidade envelope de objetos porosos de tamanho e forma irregulares.

Densidade envelope ou aparente é a relação da massa de um objeto dividida pelo seu volume, incluindo poros e pequenas cavidades.

Informações de densidade envelope são úteis na caracterização de catalisadores, espumas estruturais, isoladores, cerâmicas, objetos de metal em pó e outros produtos manufaturados.

O GeoPyc emprega uma técnica  exclusiva de medição de deslocamento de um composto de micro esferas rígidas, chamado DryFlo, com uma alta capacidade de fluidez. A amostra é colocada em um leito de DryFlo, o qual é agitado e assentado suavemente sobre a mesma. O GeoPyc coleta os dados de deslocamento, executa os cálculos e imprime os resultados automaticamente.

CARACTERÍSTICAS


  • Operação em tela sensível ao toque                                            
  • Resultados precisos e reprodutíveis
  • Equipamento compacto
  • Aquisição de dados e geração automática de relatórios
  • Técnica não destrutiva de amostras
  • Utiliza micro esferas não tóxicas
  • Múltiplos modos de operação
  • Diferentes tamanhos de câmaras de amostras 

DETERMINAÇÃO DE DENSIDADE


Basicamente, o volume de um material sólido pode ser calculado medindo seu comprimento, largura e espessura. No entanto, muitos materiais possuem irregularidades superficiais, pequenas fraturas, fissuras e poros dentro de sua estrutura.

Alguns destes espaços vazios e poros estão abertos para a superfície ou fechados dentro da estrutura do material sólido. Portanto, as diferenças no volume do material dependem da técnica de medição, do método de medição e das condições sob as quais as medições foram realizadas.

O analisador também calcula o percentual de porosidade e volume de poros a partir da densidade absoluta obtida por um Picnômetro de Hélio Micromeritics modelo AccuPyc.

O GeoPyc é operado a partir de uma tela sensível ao toque e a aquisição de dados é totalmente automatizada para a inclusão em sistemas interlaboratoriais como LIMS.

Câmaras de diferentes volumes estão disponíveis para acomodar amostras de diversos tamanhos.

Após a análise, uma leve agitação remove completamente o DryFlo de modo que as amostras possam ser reutilizadas ou testadas repetidamente. 

O GeoPyc possui vários modos de operação incluindo calibrações de branco, calculada e de referência para otimizar a velocidade e a precisão de acordo com o tipo de aplicação.

Indicadores de desempenho e resultados preliminares podem ser acompanhados em tempo real durante a análise.

Informações e dados específicos da amostra podem ser inseridos nos relatórios de resultados.

Densidade TAP (opcional)

O GeoPyc equipado com a opção de densidade T.A.P.mede o volume de empacotamento e calcula a densidade aparente de amostras granulares e pós, incluindo materiais farmacêuticos e eletroquímicos sob uma ampla variedade de condições de compactação.

Para determinar densidade T.A.P., a câmara de amostra é circulada e agitada enquanto uma força precisa, definida pelo operador, é aplicada à amostra.

Um transdutor mede a força consolidada em Newtons e a distância percorrida pelo pistão e êmbolo de fixação é medida em etapas.

O operador especifica a força aplicada e o número de consolidações por análise e o GeoPyc calcula automaticamente as médias das medições de cada consolidação para determinar e reportar os resultados de volume e densidade.

O GeoPyc com opção de densidade T.A.P. produz maior reprodutibilidade de resultados, de forma mais rápida e silenciosa que os analisadores de densidade T.A.P. convencionais.

TÉCNICA


tecnica geopic 1365O GeoPyc determina automaticamente volume e densidade de um objeto através do deslocamento de um meio sólido conhecido como DryFlo. Este meio sólido é um composto de pequenas esferas rígidas com alta capacidade de fluidez que envolve o objeto de análise. As partículas são suficientemente pequenas para assentar na superfície do objeto sem penetrar nos poros.

A repetibilidade e a reprodutibilidade são obtidas por um método controlado de compactação do composto.

A célula de amostra é um cilindro de precisão preenchido com o meio sólido comprimido por um pistão à medida que a célula vibra. A força de compressão é selecionável e, portanto, repetível em qualquer análise.

Uma compactação preliminar só com o composto na célula estabelece uma linha base de volume zero.

A amostra é então colocada no cilindro com o Dry Flo e o processo de compactação é repetido.

A diferença entre a distância percorrida h0 pelo pistão dentro do cilindro durante o procedimento de linha base e a distancia ht percorrida durante a análise é usada para calcular o volume do meio deslocado usando a fórmula de volume de um cilindro de altura h, V=2π rh.

Topo